| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Stop wasting time looking for files and revisions. Connect your Gmail, DriveDropbox, and Slack accounts and in less than 2 minutes, Dokkio will automatically organize all your file attachments. Learn more and claim your free account.

View
 

UTI

Page history last edited by Alexandre Lima 11 years, 3 months ago

Download de MP3 

Orkut 

Formação:

Mazyko - Vocal / Guitarra

Fido - Guitarra

Cacio - Bateria

Russo - Baixo

     

 

 

A banda UTI formou-se no ano de 1989 com Mazyko (Fábio Conik) na guitarra, Dega no baixo, Sandro na bateria e Macaco no vocal, tocando músicas de seus artistas preferidos, como Titãs, De Falla, Ramones, Inocentes, Grinders, Replicantes, etc. Com a saída de Dega e Macaco e com a entrada de Campos no vocal e João no baixo a banda passa a dar mais ênfase as músicas próprias, e passa a refletir cada vez mais as influências guitar bands como Pixies e Sonic Youth. 

Lançam em 1992 um demo com o sugestivo nome “Rangos & Biras”, gravado num estúdio “Fulero” em Curitiba. Sempre participando dos encontros independentes de Santa Catarina, como o extinto BluRock (que originou a musica BluRock, criada pelo Mazyko, o famoso show no Morro Azul em Timbó, aonde a U.T.I conheceu e tocou junto com o Utopia (Depois se tornou os Mamonas Assassinas), sendo assim, tornou-se banda conhecida e respeitada no meio underground, mas com o tempo vieram os desentendimentos e banda resolveu dar um tempo nos shows. 

A banda volta com força total em 1999, quando Mazyko chamou Cacio para fazer a segunda Guitarra, e sozinho recompõem as músicas da banda, e tendo com suporte músicos de outras bandas como o Enzime para ensaiar. Logo chamam Fido (Rafael Conik) pra detonar o baixo e Marcelinho (atual Bug Scream) para a bateria. O som da banda toma novo rumo, e as músicas sugerem uma identidade mais punk. Depois de reformada a banda, gravam um Demo com seis músicas, todas cantadas em português e com letras dotadas de boas doses de otimismo e inconformismo com a rotina, e desejo de um mundo melhor. Fazem vários shows, alguns deles junto com Ação Direta de São Paulo, Euthanásia de Florianópolis, Mercúrio Cromo de Itajaí e tantas outras não menos importantes. Essa mistura durou por três anos, quando Marcelinho que já tocava em outra banda, decidiu sair. 

Sem Marcelinho e para não complicar os shows já marcados, contam com Segatti para segurar as baquetas em alguns shows, um deles com Dead Fish, finada banda do Espírito Santo no Curupira Rock Club. Hoje a banda conta com Mazyko, único integrante original na guitarra e vocal, Fido assumindo a outra guitarra, Cacio passando para a bateria e Russo (Erik) completando a banda no baixo, com novas idéias a banda dá continuidade ao que vinha propondo deste seu início, músicas energéticas, com identidade e vigor punk rock !

 

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.